Casa da Sogra - Aqui vale falar de tudo!


TUDO NA VIDA TEM UMA RAZÃO PARA ACONTECER

Depoimento 

 

 

Os momentos felizes e os tristes, os acontecimentos prazerosos e os sofridos, as escolhas certas e as erradas. Todos, absolutamente todos, deixam marcas, umas que com suas lembranças nos completam nos momentos em que a vida parece vazia, outras que com suas dores e tristezas, nos ensinaram, nos fortaleceram, forjaram e lapidaram nosso ser.

Hoje sei que não é acaso, intuição, coincidência, sorte, muito menos destino, no qual nunca acreditei. Por muito tempo, nos meus sucessos, me considerei intuitiva ou (sem modéstia) inteligente, até mesmo poderosa! Nas derrotas e nos erros, simplesmente procurei culpados ou me assumia péssima, nem me encarava no espelho.

Por anos procurei respostas, observei todas as conseqüências dos meus atos, dos meus acasos e das minhas escolhas e, lentamente, senti que acima de nossa vontade, existe uma Força Superior que nos guia e nos protege e que, o que pensei terem sido escolhas erradas foi às vezes em que fui instrumento da misericórdia Divina para alguém. Sim, porque uma das escolhas que mais lamentamos são os insucessos em relacionamentos de qualquer espécie, não é?

Os erros, ah... os erros, os cometi e cometo sempre que sou surda à sabedoria de Deus que está ao nosso alcance, lá no centro de nós mesmos. É difícil ouvi-Lo, há muito barulho e interferências ao nosso redor e em nossas emoções, mas aos poucos vou conseguindo.

Foi por essas reflexões e conclusões, que no “post” anterior escrevi:

Hoje sei onde está a felicidade e como encontrá-la e vivê-la, mas não sei se conseguirei escrever sobre ela...

Será que consegui?

 



Escrito por Hilda às 02h28
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 

Onde Estou

BRASIL, Sudeste, SANTOS, APARECIDA, Mulher



UOL
Histórico


Outros sites
 UOL - O melhor Conteúdo
 BOL o email grátis
 A BUSCA
 A FOTOGRAFIA
 Arca Literária ~ Download de Livros
 ART & DESIGN
 DE CARA PRA LUA
 MULHERES DE PRETO
 POR ENTRE PÉTALAS
 POR UM FIO
 SOLTA NO MUNDO
 UM POEMA DE VEZ EM QUANDO